Posts tagged ‘2010’

Última chance para participar da Convenção da NRF 2010

No Brasil, independente do ramo ou produto, mais de 80% das decisões de compra são tomadas pelo consumidor no ponto de venda. Por isso, ter seus produtos no ponto certo, com o layout certo, as cores certas, o visual merchandising certo, não é apenas bom para a maioria das empresas. É fundamental!!! Pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. Ou entre um sucesso mais ou menos e o sucesso retumbante. Afinal, faturar é preciso. Lucrar, idem. E, para isso, o ponto de venda precisa ser mais do que bonito. Precisa funcionar como uma máquina de vendas.

É esse o foco do grupo que a GrowBiz, em conjunto com a J2B, vai levar para a Convenção Anual da NRF – National Retail Federation, em Nova York, em janeiro de 2010: o DESIGN QUE VENDE.

Se você se interessa por Varejo, clique aqui para conhecer o programa detalhado – inclusive alguns eventos dos quais só quem for do nosso grupo vai poder participar, como, por exemplo, uma palestra fechada com o grande Paco Underhill, especialista em comportamento de consumo e autor do livro “Why We Buy?”.

Atenção: Não levaremos um grupo grande, porque queremos garantir que cada um receberá a atenção especial e individualizada que merece, de acordo com suas necessidades e seus interesses específicos. Restam pouquíssimas vagas!

Leia aqui o artigo de Paco Underhill publicado no Washington Post sobre a necessidade de mudança de foco no faturamento varejista frente às oscilações da economia. (link em inglês)

Anúncios

3 de dezembro de 2009 at 12:58 Deixe um comentário

Como se preparar para 2010?

 Fabio Alvim

9 de outubro de 2009 at 19:47 Deixe um comentário

O que esperar de 2010?

Marcelo Cherto

6 de outubro de 2009 at 4:38 Deixe um comentário

2010 está com pinta de ser um ano muito bom

Nos últimos dias, conversei com diversos empresários, executivos e consultores experientes e bem informados a respeito de suas perspectivas para o ano que vem.

O pessimismo de meses atrás deu lugar a um otimismo bem calibrado: o mais pessimista acredita num crescimento da economia brasileira da ordem de 5% e o mais otimista crê que chegará a 7%.

De acordo com eles, muitas empresas já elevam (ou se preparam para elevar) seus investimentos e buscam pessoal qualificado. E muitas estão repensando suas estruturas de produção e logística e sua estrutura de canais de vendas.

A maioria reconhece que, no Brasil, os canais de venda em geral (especialmente pequenos e médios varejistas e distribuidores de produtos dos mais diversos ramos) carecem de capacitação e ferramentas de gestão. E que, com a informalidade tributária se tornando uma prática cada vez mais difícil e arriscada, muitos vão desaparecer… a menos que as indústrias e os grandes atacadistas, que têm neles seus principais clientes, se dediquem a apoiá-los num processo de profissionalização intensiva. 

Um deles fez um comentário muito interessante com relação ao Pré-Sal. Disse estar convencido de que seu impacto positivo na economia brasileira será ainda maior do que se imagina… mesmo que, ao final, se constate que é economicamente inviável extrair o petróleo que ali existe.

O medo de todos é que, com o crescimento, falte infra-estrutura. Mas isso já são outros quinhentos.

Marcelo  Cherto

 

6 de outubro de 2009 at 4:34 Deixe um comentário


Posts recentes

Siga a GrowBiz no Twitter

Feeds