Posts tagged ‘diagnóstico’

Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamentos

O Banco Central do Brasil em conjunto com a Secretaria de Acompanhamento Econômico – Ministério da Fazenda e da Secretaria de Direito Econômico – Ministério da Justiça, acabaram de publicar um completo diagnóstico sobre o uso de cartões de crédito e débito no país.

Houve um crescimento no número de transações de quase 3 vezes em cinco anos o que demonstra que o cartão de plástico como meio de pagamento já caiu no gosto do consumidor.
Para o varejista as vantagens são inúmeras: primeiro a segurança de saber que está fazendo uma venda e recebendo por ela. Quando o cheque era a preferência dos consumidores na hora de pagar, a dúvida pairava no ar.

O uso do cheque em demasia foi uma das distorções que a inflação desenvolveu em nossa economia. Todos gostavam de ganhar um ou dois dias para garantir um pouco de juros a mais na conta-corrente, na época em que havia correção diária da moeda.

Graças a Deus esse tempo acabou e vivemos agora em pé de igualdade com os países desenvolvidos. Pelo menos nesse item! Os cartões proporcionam desenvolver relacionamento, além da segurança e agilidade na hora do pagamento em qualquer loja ou restaurante, mesmo os quiosques. Já há casos de ambulantes na praia …

Quanto ao relacionamento, nisso sim temos muito que avançar. Os cartões viabilizam identificarmos os consumidores no ato da compra e desenvolver com isso um banco de dados que incluam seu histórico de compras, suas preferências e como ele se comporta no ponto-de-venda. Em breve veremos esse cartão viabilizar também a identificação dos consumidores diante de telas sensíveis a toque como aquelas do iphone.

Ao ser identificado, o consumidor passa a interagir com essa tela que pode fazer parte de um quiosque, uma vitrine, um totem de auto-atendimento. É nesse momento que o PDV – ponto-de-venda vai se transformar em PDR – ponto-de-relacionamento e a estrela desse show serão os cartões que terão um chip e antena capazes de receber os sinais emitidos pelas lojas, identificando assim seus portadores.

Isso já acontece nos condomínios das empresas onde trabalhamos quando entramos no prédio e destravamos as catracas. Pois é, esse cartão pode virar um cartão de crédito e facilitar o atendimento pelo lado do varejista e facilitar as compras pelo lado do consumidor.
Quem quiser conhecer os resultados do diagnóstico sobre o uso dos cartões como meio de pagamento, acesse http://www.bcb.gov.br/htms/spb/Relatorio_Cartoes.pdf

Um grande abraço!

Ricardo Pastore

27 de novembro de 2009 at 17:00 Deixe um comentário


Posts recentes

Siga a GrowBiz no Twitter

Feeds