Posts tagged ‘TI’

Onde tem fumaça tem incêndio

Oracle compra a SUN. E o mercado de M&A (fusões e aquisições) volta a aquecer.

Para quem trabalha com M&A a notícia da compra da SUN pela Oracle não foi exatamente uma novidade. Na verdade, em Setembro de 2008 já havia saído uma série de “fofocas” falando da potencial aquisição. A Oracle se consolida, no mercado, como líder em software empresarial e grande compradora de empresas neste segmento.

Quem trabalha com M&A sabe “onde tem fumaça tem fogo” e a fumaça diz que a Oracle fará uma nova grande compra…uma empresa de ERP…a fumaça dizia que a compra seria anunciada neste mês, mas com a compra da SUN espera-se que o anúncio da empresa de ERP saia em 3 meses.

A crise potencializa a oportunidade de compra de algumas empresas. A consolidação do mercado acontecerá mais rápido. E o canal, aqui no Brasil, passará por uma “ebulição” jamais vista. Se você é empresário do ramo de TI é hora de começar a ler as fumaças que estão por ai. Ser “pego de calça curta” é a pior coisa para um empresário.
Dagoberto Hajjar

25 de novembro de 2009 at 9:00 Deixe um comentário

A hora e a vez da QUALIDADE

Em recente pesquisa junto ao mercado consumidor, a ADVANCE identificou que a crise está mudando os hábitos de consumo de produtos de TI (Tecnologia da Informação).

Os executivos entrevistados estão estabelecendo critérios de qualidade mais rigorosos para a seleção e compra de produtos e serviços de TI. Entre os principais motivos alegados está o fato de que os empresários, cientes da gravidade e do tempo que o mercado levará para se recuperar, deverão permanecer com os produtos adquiridos por um longo tempo. Desta forma, o critério de compra tem que, necessariamente, priorizar a qualidade, a garantia, o suporte e a assistência técnica.

Neste cenário, os grandes fabricantes como DELL, HP, Lenovo e Positivo saem beneficiados em detrimento aos “fabricantes sem marca”.

Dentre os grandes fabricantes a briga será em oferecer para o cliente um produto que represente “tranqüilidade” na compra e no uso. Por tranqüilidade os consumidores querem dizer:

Um produto com alta tecnologia e qualidade
Um produto que “não quebre”
E, principalmente, um produto que se “quebrar” o fornecedor possa rapidamente resolver o problema

O mesmo conceito é válido e aplicado a todos os demais produtos de TI.

Na parte de serviços, entre as novas prioridades estabelecidas pelos clientes estão:

Fornecedores que garantam e cumpram o prazo de entrega
Projetos com menor tempo de implementação
Projetos com maior retorno para os usuários
Dagoberto Hajjar

24 de novembro de 2009 at 13:00 Deixe um comentário


Posts recentes

Siga a GrowBiz no Twitter

Feeds